dispensar instrumentos ritualisticos
Instrumentos

Dispensar Instrumentos Ritualísticos

Ás vezes, por algum motivo, quer dispensar instrumentos ritualísticos, pode ser que já não exista necessidade de os utilizar mais nas suas práticas. Talvez possua vários instrumentos iguais, ou alguém lhe ofereceu um que já possuía e então decide desfazer-se do velho – ou ainda então deixar de conseguir se conectar, poderá isto ocorrer porque o item já fez o seu objetivo e é hora de seguir em frente. Seja qual for o motivo, às vezes pode parecer um dilema a respeito de como se desfazer do seu instrumento ritualístico.

Se tem um instrumento especial, que ainda possua um bom sentimento bom, ou que tem algum tipo de valor sentimental, e decidiu que é hora de se desprender – porque não doá-lo a um amigo? Vai ficar feliz em saber que o seu item foi para um bom lar, e que o seu amigo terá o prazer de receber um novo instrumento mágico. Antes de passá-lo, poderá fazer um breve ritual de despedida para separar-se do objeto. Uma vez que o seu amigo tem o item em sua posse, ele pode voltar a consagrar o instrumento para torná-lo seu.

Alguns itens parecem gostar de ser colocados na natureza, como os animais. Se tem um instrumento mágico que veio da natureza – uma varinha feita a partir de um ramo, uma pedra especial, uma garrafa de água do mar – considere colocar novamente na natureza. Pode não ser capaz de devolvê-lo ao lugar que originalmente encontrou, então encontre um lugar tranquilo num bosque/floresta para deixá-lo. Outra opção poderia ser a de lançá-lo em um rio, porque ele é um objeto natural.

Às vezes, pode ter um item que não quer mais, e mesmo assim não quer doá-la a ninguém. Pode não querer deixá-lo na natureza, onde alguém pode desenterrá-lo, também. Neste caso, a melhor coisa a fazer é usar o fogo para se livrar, então terá de fazer uma fogueira e queimá-lo. Se desejar, dizer algumas palavras para de separar magicamente antes de deixá-lo queimar.

Um outro método bom para se desfazer de instrumentos rituais antigos é o enterro. Normalmente, vai querer escolher um lugar onde não irá ser perturbado mais tarde – se tem uma propriedade própria, pode enterrar o item no seu quintal. Se não possui a sua própria terra, ou vai está sempre a viajar de um lugar para outro, poderá encontrar um local remoto para enterrar o objeto.

Use o bom senso antes de cavar em qualquer propriedade pública.

Compartilhe o seu voto!


Gostou do post?
  • Fascinated
  • Happy
  • Sad
  • Angry
  • Bored
  • Afraid

You Might Also Like...

No Comments

    Leave a Reply

    For security, use of Google's reCAPTCHA service is required which is subject to the Google Privacy Policy and Terms of Use.

    I agree to these terms.

    Alguma Dúvida?